6 dicas para acabar com os sintomas da prisão de ventre

prisão de ventre

Se você é do time que não consegue ir ao banheiro todos os dias, saiba que este é o principal sintoma da prisão de ventre, esse sintoma pode ser acompanhado de estresse, desconforto abdominal, inchaço, insônia, indisposição e em casos mais sérios, até hemorróidas. 

Prisão de ventre ou intestino preso são os nomes mais comuns pelo qual é conhecida a constipação intestinal, um transtorno caracterizado pela dificuldade persistente para evacuar. Este problema atinge até 30% da população, sendo cada vez mais comum em mulheres. 

A constipação é diretamente ligada ao movimento intestinal, diretamente vinculado ao bom ou mau funcionamento do organismo. A prisão de ventre não costuma ser determinada pela quantidade de vezes que a pessoa vai ao banheiro. 

Assim, considera-se um caso típico de constipação quando ocorrem duas ou menos evacuações por semana e o esforço para evacuar é muito grande. Muitas pessoas apresentam este problema pois alegam que o intestino não funciona em ambientes estranhos.

As principais causas da prisão de ventre estão relacionadas à dietas pobres em vitaminas, que são fundamentais para a formação do bolo fecal. Falta de exercício físico e sedentarismo também estão entre as principais causas. Assim como, grande consumo de alimentos industrializados. 

No dia a dia, os sintomas da constipação são principalmente o intestino lento, dor e distensão abdominal. Inchaço, gases e mal-estar também podem se manifestar no dia a dia como sintoma da prisão de ventre. 

Sabemos que os sintomas costumam atrapalhar nosso dia a dia, por isso, separamos dicas práticas de como combatê-los. Saiba agora quais são elas.

Beba ao menos 2 litros de água por dia

A água mantém o corpo hidratado, impedindo o ressecamento e garantindo um melhor trânsito intestinal. Você também pode incluir o consumo de chás digestivos que ajudam no funcionamento do corpo e além de hidratar traz diversos benefícios para sua saúde.

Consuma mais fibras

As fibras são responsáveis pela formação do bolo fecal, elas estão presentes em frutas frescas e com casca e bagaço, nos vegetais e em sementes. É importante lembrar que o consumo de fibras deve ser acompanhado do consumo de água ao longo do dia.

Consuma mais gorduras

As gorduras funcionam geralmente com lubrificantes no intestino. Aumentar o consumo de alimentos em gorduras como coco, azeite, amendoim, tendem a facilitar a passagem das fezes pelo intestino.

Faça atividade física

A prática de atividade física ajuda a consolidar a musculatura abdominal. Além que, movimentar o corpo também estimula à movimentação do próprio intestino, ajudando no combate da prisão de ventre.

Atenda as vontades de usar o banheiro

Impedir a evacuação das fezes pode levar a mais prisão de ventre. Isso acontece porque o músculo que controla a passagem das fezes no intestino fica preguiçoso e acaba impedindo a evacuação.

Use laxantes naturais

Ameixa, mamão, manga, laranja, figo, abacate, morango, chá de bardana, raiz de alcaçus, suco de babosa e chá de cáscara sagrada são alguns do laxantes mais utilizados no combate contra a prisão de ventre.

A Cáscara Sagrada é um dos principais laxantes para problemas de constipação, suas propriedades são causam irritação no colo intestinal, que facilitando a evacuação. Substâncias presentes na planta estimulam terminações nervosas, acelerando a passagem de alimentos pelo e facilitando a evacuação.

E você tem outras dicas de como resolver os problemas da prisão de ventre? Conte para gente nos comentários!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *