Espondiloartrose tipos e tratamentos

Espondiloartrose

A espondiloartrose é uma doença que provoca muitas dores na região das costas e pode se estender para braços e pernas dependendo do tipo. Ela é uma artrose na coluna vertebral.

O diagnóstico desse tipo de problema deve ser feito pelo médico por meio da realização de exames. 

Embora possa atingir pessoas de qualquer idade, ela é muito comum após os 45 anos, sendo que as mulheres são mais propensas que os homens. 

Quer aprender mais sobre esse problema, quais tipos existem e quais as formas de tratamentos? Então leia o texto abaixo com bastante atenção. 

Tipos de espondiloartrose

Espondiloartrose lombar discreta: provoca dores intensas na região lombar e normalmente é causada por desgaste da região. 

Espondiloartrose lombar incipiente: popularmente conhecida como bico de papagaio é causada pelo desgaste dos discos, diminuindo assim o espaço entre as vértebras. 

Espondiloartrose lombar com degeneração discal: esse tipo de artrose atinge a parte inferior das costas, parte essa que sustenta todo o peso do corpo, as vértebras são mais atingidas. 

Espondiloartrose lombar com osteófitos: é causado pela desidratação do disco vertebral, pré-disposição genética, problemas articulares pré-existentes, traumas sofridos e sobrepeso excessivo.

Tratamentos mais indicados 

É preciso buscar tratamento rápido para esse tipo de problema, uma vez que as dores são intensas, o que compromete a locomoção e também a qualidade de vida. 

Os mais comuns são: 

  • Analgésicos e anti-inflamatórios para aliviar as dores; 
  • Exercícios físicos praticados sempre sob a orientação de um profissional; 
  • Sessões de fisioterapia: apresentam resultado bastante satisfatório; 
  • Acupuntura; 
  • Terapia ocupacional; 
  • Controle do estresse; 
  • Evitar pegar peso para não piorar os quadro das dores; 
  • Perda de peso, quando o problema é causado por excesso de peso; 
  • Cirurgia em casos mais graves; 

Tratamentos alternativos

É possível lançar mão de alguns tratamentos alternativos para ajudar no enfrentamento do problema e consequentemente no alívio das dores. 

Durante as crises para aliviar a dor é possível colocar bolsas com água morna na região lombar.

Caso consiga se locomover até uma clínica de fisioterapia é possível se submeter a um calor mais profundo vindo dos aparelhos. 

A eletroterapia também é bastante indicada para alívio das dores, consiste na emissão de pequenos choques elétricos. 

Cinesioterapia ou pilates clínicos também são bastante indicados pois promovem o alongamento da região lombar, mas devem ser feito em períodos fora da crise, ou seja com ausência de dor. 

Conclusão 

A espondiloartrose é uma doença degenerativa que precisa de tratamentos sérios para conter o agravamento do problema.

Em casos mais graves é preciso recorrer à cirurgia, porém essa é uma indicação que somente o médico pode fazer. 

Portanto, ao sentir dores constantes nas costas, não se automedique, procure ajuda médica para identificar o problema e começar o tratamento o mais rápido possível.

Tratamento Medicamentosos 

Para tratamento medicamentoso usamos o cartilax

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *